GAEPE-BRASIL RECOMENDA INSTALAÇÃO DE MEDIDOR DE INTERNET EM TODAS AS ESCOLAS BRASILEIRAS

Órgão, que reúne instituições representantes dos três poderes da República e da sociedade civil, destaca a importância do diagnóstico sobre a conectividade das escolas para avançar em políticas que garantam sua efetividade.

Compartilhe esse post

Facebook
Twitter
LinkedIn

Nesta quarta-feira, 15 de dezembro de 2021, o Gabinete de Articulação para a Efetividade da Política da Educação no Brasil (Gaepe-Brasil) divulga publicamente a recomendação para que as redes de ensino e escolas adotem o Medidor Educação Conectada, tecnologia desenvolvida pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), que afere a qualidade da conexão disponível no local.

De acordo com o Gaepe- Brasil, o diagnóstico da situação real da conectividade nas instituições de ensino de todo território nacional é peça-chave para a elaboração e implementação de políticas públicas eficientes nessa temática. Além disso, captar as nuances da complexa realidade escolar do Brasil permitirá o aprimoramento do processo de inclusão digital na educação.

A governança destaca que além da instalação dessa ferramenta, o poder público deve fiscalizar o procedimento e promover a análise dos dados coletados para, então, aprimorar as políticas públicas de conectividade no ambiente escolar. Dentre os aspectos a serem verificados com o medidor, por exemplo, estão a identificação de quais áreas de determinado município apresentam maiores problemas com o sinal de internet, permitindo a solução da questão, e também se a quantidade de dados contratada está sendo efetivamente fornecida pela operadora.

CONFIRA AQUI A MANIFESTAÇÃO Nº 6 NA ÍNTEGRA

Sobre o Gaepe

O Gaepe é uma iniciativa idealizada e coordenada pelo Instituto Articule em cooperação com a Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) e o Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB).Inicialmente criado para ajudar no combate dos efeitos da pandemia na Educação, ele se tornou permanente, sendo renomeado Gabinete de Articulação para a Efetividade da Política da Educação no Brasil. Governança plural e horizontal, foi institucionalizado pelo Pacto Nacional da Educação, que conta com a adesão formal da Associação Nacional do Ministério Público de Contas (Ampcon), do Colégio Nacional das Defensoras Públicas e Defensores Públicos Gerais (Condege), do Conselho Nacional de Presidentes dos Tribunais de Contas (CNPTC), do Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais e Distrital de Educação (Foncede),  da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme) e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), além das entidades coordenadoras da iniciativa.

Além da governança em âmbito nacional, os estados de Rondônia, Goiás e Mato Grosso do Sul, também contam com Gaepes estaduais e o município de Mogi das Cruzes conta com a primeira iniciativa em âmbito municipal – todas coordenadas pelo Articule em cooperação com a Atricon e o CTE-IRB.

Últimos Posts

Gaepe-Brasil debate as novas regras do Fundeb para 2024

Representantes dos municípios e setores do Mec, Inep e FNDE discutiram as mudanças na complementação do financiamento da educação em vigor a partir de janeiro. Objetivo é buscar o entendimento das regras para evitar judicialização.

Deixe um comentário