NEGAR EDUCAÇÃO NO 5G É PERPETUAR DESIGUALDADES

Compartilhe esse post

Facebook
Twitter
LinkedIn

É hora de agir! A conectividade de escolas é urgente e temos a oportunidade de abrir um caminho para ela seja realidade. O edital do leilão das frequências 5G pode garantir a inclusão digital a 2,2 milhões de estudantes e melhorar a conexão de 20.000 escolas.

Saiba mais no artigo de Alessandra Gotti, presidente executiva do Instituto Articule, com a Deputada Federal Prof Dorinha Seabra Rezende, a secretária de Educação de Goiás, Fátima Gavioli, e o presidente da Undime, Luiz Miguel Martins Garcia. No jornal O globo:

https://blogs.oglobo.globo.com/opiniao/post/negar-educacao-no-5g-e-perpetuar-desigualdades.html

Últimos Posts

Gaepe-Brasil debate as novas regras do Fundeb para 2024

Representantes dos municípios e setores do Mec, Inep e FNDE discutiram as mudanças na complementação do financiamento da educação em vigor a partir de janeiro. Objetivo é buscar o entendimento das regras para evitar judicialização.

Deixe um comentário